French Toast

Embora por cá sejam uma delícia típica do Natal, pelos EUA não há carta de dinner onde não faltem as típicas french toasts
Aqui, numa adaptação há muito desejada, espantem-se com a minha versão de French toasts vegan!

Fatias douradas para uns, rabanadas para outros – não importa o nome, importa sim tudo o resto. Por cá são fritas em óleo, e pelos Estados Unidos passadas por manteiga, mas de resto, são em tudo semelhantes – crocantes por fora, cremosas por dentro, passadas por açúcar e canela, ou na versão americana, com xarope de ácer e frutas.
Adoro fatias douradas, de coração – como sempre um par delas quando acabadas de fazer, na véspera de Natal, e sabem-me tão bem! Mas quis testar os seus limites, recriar a receita com novos contornos. E depois de ter visto umas maravilhosas french toast vegan no Minimalist Baker (aka, um dos melhores blogs de sempre), não havia razão para adiar a questão.
Inspirei-me na receita deles, mas criei a minha, para não variar. Com um toque de limão, e outras coisas deliciosas, para um pequeno-almoço diferente, estas french toasts não vão passar despercebidas!Aproveitem fatias grossas de pão que já ande nas vossas lata há mais tempo, e experimentem em pequeno-almoço diferente; não têm xarope de ácer? O mel serve perfeitamente! E o óleo de côco para corar as fatias é perfeitamente substituível por manteiga vegetal ou da normal.

Quinta-feira é dia de descomplicar!
É que é dia de Há vida para além da massa de atum!

 

200ml de leite de aveia
1 colher de sopa de xarope de ácer
1 colher de sopa de linhaça moída
1 colher de chá de canela
1 colher de chá de chia moída
1 colher de sopa de raspa de limão
1 colher de sopa de óleo de côco (substituível por manteiga vegetal)
Morangos e xarope de ácer para guarnecer
De véspera, misturar todos os ingredientes e guardar numa caixa, e se possível, mexer a mistura menos uma vez.
No dia seguinte, cortam-se 3 fatias de pão caseiro (com 1 dedo de grossura) e passam-se pela mistura do leite por alguns segundos.
Aquecer uma frigideira, onde se derrete o óleo de côco ou a manteiga vegetal, e quando bem quente, cozinhar o pão, deixando cerca de 2 minutos de cada lado, para que fique torrado. Servir com xarope de ácer e morangos, ou como melhor vos souber!

 

 

Não esperem umas fatias douradas como as tradicionais; antecipem antes um sabor suave e fresco, com um travo a limão e canela, tão português.
Doces na dose certa, com frutas a contrastar, eu rendi-me às frech toasts!

 

 

Follow A COZINHA DA OVELHA NEGRA
  

5 thoughts on “French Toast

  1. Por acaso também não sou a maior fã que existe, mas a minha avó diz que fazia umas que eram uma maravilha. Um dia vai ter de me provar isso 😛
    Mais uma sobremesa vegan maravilhosa… Estás imparável! Que bom aspeto 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *