Brownies de chocolate negro e pistachos

 Quarta-Feira mágica e decadente, com Brownies de chocolate negro e pistachos.Sem tirar nem pôr – que por aqui nada segue as conveções impostas. Quem disse que depois da Páscoa tinha de haver contenção, claramente não me conhece!

Numa semana de pós-Páscoa, que pedia contenção nas calorias e receitas mais leves, eu,  Ovelha Negra de coração e convicção, bati o pé e disse que não – é que cá por casa não há celebrações pascais relevantes, apenas umas quantas amêndoas.

Gosto de Quartas-Feiras, e desde sempre que são o meu dia da semana favorito. Não sei explicar porquê, e o lógico seria, como todas as pessoas gostar das Sextas-Feiras. Mas eu sou a Ovelha Negra, e a mim tudo o que seja generalizado não se aplica.
A minha vida mudou desde que me apliquei à pastelaria vegan. Tendo a ser muito obstinada, e qundo gosto, gosto muito e gosto demasiado – já foi assim (ainda é) com as courgettes, com o meu espirilizador (que agora com as temperaturas mais amenas vai voltar a usos mais intensivos).
Mas não quero que vejam esta minha nova paixão como apenas uma moda passageira, um ar que-se-me-deu, e que pronto, lá para o Verão desaparece.
Estou a mudar, e sinto-o. Sinto-me melhor, estou confortável com as minhas escolhas, que são conscientes, equilibradas e sinceras. Porque não serve de nada mudar para os outros se cá dentro permanece tudo igual.
Mas vamos lá a este brownies, feitos no Domingo de Páscoa, em que toda a gente andava atarefada com folares vários (para mim o melhor folar é o de Olhão, e este ano não comi nenhum [estou muito triste]), andava eu a descascar pistachos, de martelo em punho para desfazer as cascas mais rijas. E fazer este brownies, que são uma loucura absoluta de tão decadentes.
E sem ovos, e só com ingredientes de origem vegetal… Sim senhor, e como diria a minha mãe “olha que isto não é mau” – mas vão por mim, estes são daqueles que se colam aos dentes e que pedem um copo de leite.
DE-CA-DEN-TES!
150g de chocolate negro (dairy-free)
2 colheres de chá de óleo de côco
5 colheres de sopa da manteiga vegetal
190g de açúcar amarelo
2 colheres de sopa de linhaça moída + 4 colheres de sopa de água*
120ml de leite vegetal**
120g de farinha com fermento
3 colheres de sopa de cacau em pó
50 de chocolate negro (dairy-free) picado
1 mão cheia de pistachos salgados
* – substituível por 2 ovos
** – pode utilizar-se leite normal
Pré-aquecer o forno a 200ºC.
Começam-se por fazer os “ovos de linhaça” – basta misturar a linhaça moída com a água, e deixar repousar.
Num tacho, derrete-se o chocolate e o óleo de côco em banho-maria. Entretanto, numa tigela, bate-se a manteiga vegetal com o açúcar e o cacacu até obter um creme forte; incorporam-se os “ovos de linhaça”, o leite, e por fim, a mistura do chocolate já derretido.
Peneira-se a farinha e o fermento, e envolve-se na mistura com cuidado, juntando por fim os pistachos e o chocolate picado.

 

Forrar uma forma rectangular com papel vegetal, verter o preparado e polvilhar com pistachos picados.
Levar ao forno, com o calor por baixo, por cerca de 15 minutos – o pretendido é um bolo mal cozido, por isso, se fizerem o teste do palito, este deverá sair com grumos, e não limpo!

 

 

Deixar arrefecer por 10 minutos antes de os retirar do tabuleiro. Cortar em rectângulos e deixar arrefecer por mais 20 minutos (comigo não resultou, que assim que cortei os brownies, comi logo um!)

 

 

Brownies a sério são assim, com consistência de caramelo, que se colam aos dentes e que teimam em nos sair da memória. Até tinha na ideia repartir o açúcar, e utilizar xarope de ácer, mas o dito acabou e eu não esperei por comprá-lo! Fica para a próxima!

 

 

Estes brownies são dos verdadeiros, daqueles mesmo bons (acho que já disse isto muitas vezes), e são vegan!
Isto agora é que vai ser um caso sério…

 

 

Follow A COZINHA DA OVELHA NEGRA
  

21 thoughts on “Brownies de chocolate negro e pistachos

  1. OMG ! Já pensas te vender para fora ?

    Uma cliente para sempre, aqui. Quero isso agoraaa ! (onde é que se arranja óleo de coco ? é como o oleo vegetal normal ?)

    1. Já pensei sim senhor 🙂 E já esteve mais longe…
      Compras óleo de côco no Celeiro, por exemplo – e é o ingrediente mais maravilhoso de sempre!
      Se quiseres fazer a receita, substitui o óleo de côco por manetiga vegetal – óleo vegetal não presta :p

  2. De chocolate e vegan? Melhor combinação seria impossível!
    A lista de receitas que tenho para experimentar nunca mais tem fim 😀
    Um beijinho *

  3. A mim me gusta e me encanta :)) hehe
    Adoro brownies!! Sejam mais pecaminosos cheios de manteiga e açúcar ou assim, deliciosos mas mais contidos e saudáveis.
    Venham eles (e o folar de Olhão tb!). Um beijinho.

    1. Gosto muito de brownies, mas como tendo a fazê-los vezes demais tive de começar a optar por ingredientes mais equilibrados e nutricionalmente interessantes. Mas olha que estes não ficam em nada atrás dos brownies regulares e comuns 🙂
      (e que bem que calhava um folar de Olhão, fiquei a pensar nele agora)
      Bom Domingo!

  4. Que aspeto :O Decadentes, completamente decadentes.*cara de reprovação*
    (Queeeero!)
    Nunca provei folar nenhum! 😛
    Não sou fã de pistachos, parecem-me sempre estragados, mas tirando isso está perfeito! E continua lá com a cozinha vegan, se te faz feliz 😀 (eu sei que faz ;))

    1. Folar de Olhão é o melhor folar de sempre! Camadas de bolo finas, intercaladas com açúcar e canela, que por vezes carameliza… Ai estou a babar-me!
      Então substitui os pistachos por amêndas ou avelãs (nem de propósito). Estes brownies são mesmo mesmo bons!
      Se faz! 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *