O que por aqui se vai fazendo (a Academia, a Tasca e ensinamentos práticos sobre esta vida)

faca

Estou viva, nada temam! Cansada mas feliz! É este o meu estado de espírito. É engraçado como nunca prevemos o quão profundas podem ser as mudanças nas nossas vidas. Espera-se sempre por algo novo, assustadoramente inesperado, mas que no fim resulta sempre melhor ou de maneira diferente àquela que planeámos na nossa cabeça.Nova Imagem

Em género de pensamentos soltos, que me passam pela cabeça mas que retratam esta minha nova vida, assim se têm passado os últimos dias. A Ovelha Negra está mais adormecida e deu lugar à Teresa, que por estes dias está de descanso (merecido por sinal), e que por isso tem estado tão ausente.

A Academia Time Out

Não será novidade para quem me segue no Facebook e Instagram que eu, Teresa, a Ovelha Negra por estes lados, sou parte da equipa da novíssima Academia no Mercado da Ribeira. Estou lá de alma e coração, por inteiro e por muito tempo. O Rodrigo é o curador deste fantástico projecto, é ele a cara e a alma maior. Mas isso não quer dizer que tanto eu como a Catarina (o terceiro elemento da equipa maravilha) estejamos lá só como acessórios, meras assistentes. Como equipa trabalhamos todos; o trabalho não se esgota na duração do Workshop – há a preparação, a logística, e claro, loiça para lavar! Mas isso não significa que nada mais façamos. Já dei 2 workshops sozinha. um desafio brutal; fui lançada aos lobos, sobrevivi e adorei!

A Tasca de Três

Nem uma semana desta nova vida tinha eu quando nos mudámos de armas e bagagens para a Tasca de Três, a joint venture dos Chefs Nuno Diniz (Escola de Hotelaria e Turismo de Lisboa e Restaurante Tágide), Nuno Barros(Taberna 1300) e do Foodie Rodrigo para o evento «Tascas no Cais».

Imaginem o que é, mudar da rotina da Academia, do planeamento da agenda, e dos workshops, para a rotina louca de uma cozinha profissional, com pedidos sempre a entrar em simultâneo. O calor do fogão, o calor do sol que bate de chapa, as bancadas sempre imaculadas, e as dezenas de mousses, crumbles, alheiras, croquetes, e outros que mais pratos que saíram destas minhas mãos inexperientes. A aposta foi alta – estar numa cozinha ao lado de chefs e de alunos formados na Escola de Hotelaria de Lisboa; chegar a esta cozinha e sentir-me tão pequena, tão insegura mas cheia de vontade.

Trabalhei muito, digo-o sem medos e com sinceridade. Da miúda que gosta de andar sempre “em bom”, ao ritmo de uma imagem mais cuidada (sim, vá, chamem-me vaidosa), virei um bicho esquisito: de jaleca emprestada (por não haver um “equipamento alternativo”) por cima de mil e uma t-shirts diferentes [calha bem tem uma colecção jeitosa], sapatilhas à prova de longas horas de pé [às flores claro está, que uma pessoa tem de se lembrar do seu eu verdadeiro], olheiras até ao queixo, uma ausência notória de bâton e sem dúvida a cara mais branca e cansada que vi ao espelho até então. Diz o Rodrigo que entrei no extreme makeover: de fashion a matrafona (palavras dele)

Calor de fazer derreter, muitas horas de pé e de trabalho, mas que sem dúvida, se traduziram nos 10 dias mais alucinantes, acelerados e cheios de adrenalina a correr-me nas veias. Superei um desafio, e não melhor sensação do que essa!

Pelo meio, a Academia chamava por nós: um dia alucinante que contou com um live cooking para 22 pessoas pela manhã, e um workshop exigente já pela noite.

E terminados estes alucinados dias, com pouco descanso em cima do corpo, lá vamos nós para mais um compromisso, desta feita no IKEA (devidamente assinalado no meu Instagram).

faca
A faca mais hardcore de sempre, linda e magnífica. Era do Rodrigo e agora é minha, passada como um legado. Sinal de que pelos vistos, até me ando a safar bem!

Perdoem-me então a ausência, a falta de notícias e de receitas, mas lentamente hei de encontrar uma rotina que me permita estar por aqui também.

Estou orgulhosa do que faço e ando de peito cheio. E estou muito feliz 🙂

 

14 thoughts on “O que por aqui se vai fazendo (a Academia, a Tasca e ensinamentos práticos sobre esta vida)

  1. Não imaginas como estou FELIZ por ti. Não se pode ficar de outra forma quando se gosta realmente de alguém, quando a “lemos” tão cheia, realizada e feliz. Força minha querida. Continua assim, nós cá estaremos sempre a apoiar-te e a aplaudir-te da primeira fila. Tu MERECES mesmo. Beijinhos e vai-te a eles 😉
    (Dani)

    1. Dani, é uma sensação incrível esta a de fazer realmente uma coisa de que gosto 🙂
      Amei que viesses aqui comentar! É sinal que andam de olho no que ando a fazer.
      Beijinho enorme (muitas saudades)

  2. Mas que grande reviravolta! Desejo-te as maiores felicidades nesta nova etapa, e que sejas feliz a fazeres aquilo que gostas. Nada é fácil, e nesse meio não há só o “glamour” e fama, mas também muito trabalho árduo que muitos desconhecem. E não desistas à primeira contrariedade, ou mesmo quando sentires cansada. Luta para concretizares os teus sonhos! Um grande beijinho, Sara

    1. Obrigada Sara!
      Acho que muita gente ainda acredita que há mais fama do que trabalho árduo – mas a verdade é que mesmo com tanto trabalho, não trocava esta vida por outra. Bem dita mudança 🙂 E desistir, isso nunca!
      Um beijinho e obrigada pelo teu comentário 🙂

  3. Como eu te entendo tão bem …ser chef, cozinheiro é isso mesmo …no final do dia sentimo-nos podres ..sim, podes dizê-lo … mas o sorriso ou o sentimento de dever feito, esse fala sempre mais alto ..e é ele que nos faz levantar da cama no dia seguinte.
    E como é bom ouvir a máquina a cantar pedidos, o chef a apertar connosco, a jalequa a ficar suja e …sabe bem:-)
    Chamem-nos louoos, talvez? Mas somos felizes.

    Um beijinho enorme Teresa (do coração)

    1. Oh Joana, obrigada!
      É um trabalho intenso mas que nos bombeia o sangue com doses generosas de adrenalina! Estou a adorar e não trocava por nada!
      Têm sido dias intensos mas tão compensadores Acho que encontrei finalmente o meu lugar 🙂

  4. Estou tão feliz por ti Cameira, é um orgulho ver-te crescer profissionalmente mas também pessoalmente!
    Como teu amigo/seguidor é reconfortante perceber que estás feliz e que a reviravolta na tua vida te tornou ainda mais alegre e realizada… realmente fizeste-me pensar que quando menos esperamos que as coisas aconteçam é quando elas aparecem … espero também eu ter essa sorte 😛

    Estou aqui para o que precisares! Força nisso e boa sorte para o futuro!! Aguardo ansiosamente por mais novidades 😛
    Beijinho

    1. Daniel, obrigada!
      É bom saber que conto com o vosso apoio desse lado. Tem sido uma experiência tão boa! Sinto que finalmente encontrei o meu lugar.
      Nunca desistas, trabalha bem e sê tu mesmo – não vale a pena ceder a pressões ou a coisas que não nos parecem bem. As coisas boas acontecem!
      Um beijinho, e conta que por aqui eu darei mais novidades 🙂

  5. Oh Teresa, és uma vaidosa!! eheheh. A faca é linda! Tenho de acompanhar os teus posts no facebook (sou supeeeeer irregular no FB).
    Bem Teresa, fico MUITOOOOOOO contente com tudo o que está a acontecer contigo, mereces! 😀 Adoro ver pessoas dos Blogs a alcançarem o sucesso independentemente da área. Eu só sei que um dia vou fazer questão de provar algumas iguarias tuas, seja em que restaurante for 🙂
    Parabéns e fico a aguardar as próximas novidades !!!

    Beijinhoss e não nos deixes 🙂

    1. Sou mesmo uma vaidosa, acho que não o cconsigo disfarçar 😀
      Obrigada pelo teu apoio Joana, fico mesmo contente por ler!
      Fico à tua espera, pode ser já na academia!
      E farei de tudo para não deixar a blogosfera, que foi o início de tudo e que acima de tudo é a minha casa 😉
      Um beijinho

  6. Tão bom ver-te assim, sorriso feito e muito feliz!
    Espero que sejas mesmo muito feliz e cresças muito neste sonho que estás a realizar.
    Muito trabalho e esforço, mas sem isso nada se consegue, e tu consegues!
    Fico muito feliz por ti, ao ler tudo isto, boa!!

    1. Obrigada pelo teu apoio 🙂 É uma sensação indescritível a de finalmente conseguir realizar um sonho pelo qual esperei tanto tempo!
      Trabalho árduo mas feliz, o esforço compensa mesmo!
      E espero conseguir sempre 😉
      um bejinho

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *