Soba noodles com manga e gengibre

Noodles com um toque mais exótico para uma Sexta-Feira mais colorida e a chamar o fim-de-semana

Desde de que me conheço como gente que sei que adoro comida chinesa. Os dias em que íamos ao chinês eram sempre felizes, recheados de crepes, óstias, chop-suey e mais importante, carne de vaca com bróculos. O meu prato favorito no chinês era este, carregado de bambu e bróculos, que são efectivamente a minha combinação favorita, e que reproduzo em casa muitas e muitas vezes.
Só mais tarde é que descobri as massas, tão cheias de sabor e saciantes, uma festa numa tigela. E desde então a minha vida tem sido mais animada, com constantes criações de massas chinesas.

 

Desta vez optei pelos Soba Noodles, que a Raquel me deu, e em boa hora, porque já não se faziam noodles cá pela cozinha há muito tempo. Optei então por um toque exótico e agridoce, dado pela doçura da manga, o vinagre de cidra e o gengibre fresco.
Invenções que aparentemente nada têm para resultar, mas que resultam.

 

Para um
75g de soba noodles cozidos
1/2 cebola roxa laminda
1 cenoura em juliana
8 ervilhas tortas, em metades
Meia chávena de couve branca em juliana
1 malagueta laminada
1 colher de chá de gengibre ralado
1 estrela de anis
2 colheres de chá de óleo de côco
Meia manga em cubos
1 colher de sopa de vinagre de cidra
2 colheres de sopa de molho de soja

 

Cozem-se os noodles e reservam-se.
Numa frigideira, derrete-se o óleo de côco e aromatiza-se com o anis e o gengibre ralado. Retira-se o anis e juntam-se os vegetais, que se salteiam em lume alto, sem nunca parar de mexer. Junta-se a manga, a malagueta e mistura-se bem. Adiciona-se o vinagre e o molho de soja, envolvendo tudo muito bem.
Acrescentam-se os noodles, mistura-se e desliga-se.
Servir numa taça, com fatias de manga e sementes de sésamo.

 

Noodles exóticos e coloridos que chamam por dias mais solarengos.

 

Follow A COZINHA DA OVELHA NEGRA
  

6 thoughts on “Soba noodles com manga e gengibre

  1. Olá Teresa!

    Fiquei com água na boca ao ver estas imagens deliciosas e ao ler a descrição da receita. Tão simples, mas tão carregada de sabores e colorida que ficou irresistível mesmo. Fizeste-me lembrar os tempos em que eu ia também ao chinês e comia um chop soy de gambas, o meu prato pereferido nesses restaurantes. Adorei a sugestão. 🙂
    Beijinho e bom fim de semana.

    1. Associamos grande parte das nossas memórias a comida, seja a pratos mais elaborados, seja a pratos mais simples 🙂
      Este é um desses casos: um prato em nada parecido com aqueles que comi no restaurante chinês, mas que trouxe à memória esses sabores que me são tão familiares. E que a ti também te lembre essas idas ao chinês.
      Bom Domingo 🙂

  2. Eu adoro comida chinesa, mas por acaso não é costume pedir vaca com bróculos! Costuma ser com cogumelos. Acho que uma vez provei mesmo esse com bambu e bróculos, não me lembro bem… Numa próxima 🙂 O meu preferido é pato à pequim.
    Não é muito relacionado, mas da última vez comi uma sobremesa super estranha, era tipo 6 coisinhas a boiar num copo de água (e tenho cá para mim que estavam vivas) 😛 Haha
    (agora lembrei-me do nome: lichias. *arrepio*)
    Gosto imenso de noodles, fritos com pimentos são muito bons! Nunca experimentei com manga, deve ser bom… Pelo menos está com um aspeto!
    Respondendo à resposta de um post anterior, também acho que as pessoas gostam mais de bolinhos saudáveis e etc! Não sabem o que perdem… 😛

    1. Tens de dar uma oportunidade à combinação bróculos-bambu-molho de soja-pós mágicos que os chineses usam 🙂
      As líchias são uma fruta de amor-ódio. Já as amei, já as detestei, agora estamos afastadas (foi o melhor para nós eheh)
      Quanto à questão doces-salgados, mesmo que quem cá venha delire com os doces, eu cá ando a trabalhar para que comece a delirar com os salgados (só naquela de haver um equilíbrio mais saudável :p )

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *