Couscous de Inverno com balsâmico e amêndoas

Quando a época pede excessos, temos de contrariar a tendência. Mais que não seja na semana que antecede a consoada, para aligeirar a coisa, ou para ganhar espaço para toda a loucura doce e não doce que se avizinha.

Pronto, é Natal. Acho que a agora sim, o espírito me consumiu. Já tenho tudo comprado, estou a trabalhar numas outras coisas comestíveis e a minha casa já está decorada a rigor. Para estes dias opto sempre por contrariar  a tendência de excesso, e assim andar mais leve e mais focada – nas coisas comestíveis que tenho para fazer, mas mais particularmente nos trabalhos que tenho para acabar.
Com uma horta em casa, mais particularmente, com uma praga de espinafres que teima em se multiplicar, o melhor é deitar-lhes mão e utilizá-los. São tantos que acho que o bacalhau da consoada vai acompanhar com espinafres em vez de couve! O que para mim não seria mau porque gosto bastante de ambos.
Selo de frescura – um caracol no meio das folhas.
O pequeno foi solto no quintal depois da fotografia – cá em casa sou por todos os bichos!
A uma semana do Natal, deixo uma sugestão para o pré-Natal – a semana de “detox”, que prepara a época. Uma salada quente, nutritiva e muito saborosa. E quem sabe para o pós Natal, aproveitando as sobras de bacalhau, perú, polvo, borrego…

 

 
 
Couscous de outono com amêndoas
1 chávena de couscous
2 chávenas de caldo de legumes ou água
1 talo de aipo
½ pimento verde
½ pimento vermelho
1 /4 de beringela
1 rodela grossa de abóbora
2 mãos cheias de espinafres
1 colher de sopa de vinagre balsâmico
2 colheres de sopa de vinho branco
Azeite, sal e pimenta
Amêndoas picadas grosseiramente
Picam-se os vegetais em cubos pequenos.
Aquece-se um fio de azeite num tacho e começa-se por refogar o aipo e os pimentos. Depois de 5 minutos em lume brando, sobe-se o lume e junta-e a abóbora e a beringela.
Sem parar de mexer, junta-se o vinho branco e deixa-se cozinhar por 2 minutos até o álcool evaporar;regressar a  lume brando
Junta-se o caldo de legumes e deixa-se cozinhar por mais 5 minutos.
Adicionar o couscous, tapar, e deixar por 3 minutos ou até o caldo estra quase todo absorvido.
Mexer, juntar os espinafres e o vinagre balsâmico, e tapar novamente, deixando assim por 2 minutos.
Servir, com amêndoas picadas e um fio de balsâmico (optativo).
Vegetais frescos e bem temperados resultam em pratos simples mas muito aromáticos. Ideais para o pré ou pós Natal
Follow A COZINHA DA OVELHA NEGRA
 
  

3 thoughts on “Couscous de Inverno com balsâmico e amêndoas

  1. Hmmmm…ficou realmente tentador, comeria até no verão mesmo! rsrs

    Aproveito para te desejar um Natal cheio de brilhos: nos olhos e nas pequenas luzes que iluminam a sua árvore! Que o seu verdadeiro significado esteja presente em cada gesto de amor e que seja repetido ao longo de toda a vida! Desejo também um 2015 de vitórias e realizações! Muita saúde, paz e VIDA!!!! Beijos!!!! =)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *