Rolos de perú com bróculos e mozarella

Só depois de tirar as fotografias é que me ocorreu “olha, isto é sushi ou quê?”. Para não me engasgar de tal blasfémia, nem fazer ninguém do Japão arreliado, estes são então apenas rolinhos de perú com bróculos e mozarella (mas que no fundo no fundo, parecem sushi – mas não se diz alto)

Gosto de cozinhar e criar pratos e combinações que não obedeçam às normas convencionadas. Em vez que bifes de perú com bróculos gratinados com mozarella, por aqui fazem-se rolinhos com isso tudo, mais bonitos à vista, mas tal e qual saborosos.
 
É quinta-feira, é dia de “Há vida além da massa de atum”, mas já me devem conhecer para saber que por aqui só vão encontrar coisas diferentes (assim espero eu), e que apesar de “estranhas” ou improváveis aos vossos olhos, vos façam querer experimentá-las, e regressar aqui à cozinha para se inspirarem mais.

 Já não sei porque é que me deu para fazer estes rolinhos – já eram mais horas de lanchar, tinha fome, mas dentro de mim há sempre aquela réstia de energia para cozinhar e criar à pressão. E foi isso que aconteceu. Desengane-se quem ache que estes rolinhos levam muito tempo a fazer! Afinal, o perú cozinha depressa se for fininho, os bróculos são apenas salteados e não levam tempo nenhum, e a mozarella só tem de ser escorrida.

Aqui está, a prova de que com ingredientes banais, do dia à dia, que temos nos nossos frigoríficos e congeladores, se pode fazer uma refeição muito saborosa e nutritiva, mas que salta aos olhos e nos espanta. É que os olhos também comem, e para surpreender alguém não é preciso muito 😉
Se não gostarem de bróculos, podem rechear os rolinhos com outros vegetais ou até outros ingredientes, mas acho que esta é uma maneira bem interessante de introduzir legumes numa refeição.
Não se esqueçam de passar pela cozinha da  Vânia no seu Coisas e Coisinhas, e ver o que ela andou a engendrar para mais uma Quinta-Feira de receitas tão especiais. Diz que a rapariga tem um blog e cozinha bem “para xuxu” 🙂

Ingredientes, para 2 pessoas:

2 bifes de perú largos
1/2 queijo mozarella
1/2 cabeça de bróculos (frescos)
2 col.sopa de mel
2 col.sopa de sementes de sésamo
1 col.chá de creme vegetal para cozinhar
Sal e pimenta
Palitos e película aderente
Começa-se por estender os bife de perú numa tábua, e com a ajuda e uma frigideira larga, bate-se em cada um para que fiquem mais finos. Tempera-se com sal e pimenta, e num dos lados pincela-se com o mel, e polvilha-se com as sementes de sésamo. Por cima da camada de mel, coloca-se película aderente; virar o bife, de forma a que se fique com o interior virado para cima.
Picam-se os bróculos, e salteiam-se numa frigideira em 1 col.chá de azeite, temperados com sal e pimenta, durante uns  minutos – apenas o suficiente para ficarem tenros por fora e crocantes por dentro; se necessário, adicionar água durante o processo.
 

Dispõe-se os bróculos por cima do bife, e por cima destes, a mozarella desfeita com as mãos. Com cuidado, enrolam-se os bifes no sentido longitudinal, de forma a que fiquem compridos, apertando-se com cuidado a película aderente para que o recheio não saía para fora. Levam-se ao frigorífico por 10 minutos – tempo durante o qual podem pensar e preparar um acompanhamento à medida dos rolinhos que ainda vão ser cozinhados.
Depois de retirados do frigorífico, desenrola-se a película aderente e, com a ajuda de palitos partidos ao meio, fecham-se os rolos – colocam-se os palitos nas pontas do bife e introduzem-se para o centro do rolo; nas pontas, tenta-se fechar o rolo.
Aquece-se uma frigideira com o creme vegetal para cozinhar, e cozinham-se os rolos – primeiro em lume alto para que a parte de fora caramelize, e depois em lume mais brando para que os bifes não sequem e fiquem tenros no interior.

 

 Para cortar os rolos, retiram-se os palitos, e com uma faca de serrilha, com muito cuidado, fazem-se fatias com a grossura de um dedo. Servir com o acompanhamento desejado.

 Alguém de vós imaginava que bifes de perú faziam coisas tão bonitas?

16 thoughts on “Rolos de perú com bróculos e mozarella

  1. Adoro a cor (e sabor) que fica dos bróculos 🙂 Eu sou mesmo mais daquelas pessoas que grelha o bife e coze (já nem digo gratina :P) os bróculos, digamos que sou prática (não preguiçosa – é diferente…).
    Por acaso (ou não ;)) ficam mesmo giros e devem ser deliciosos 🙂

    1. Também sou assim, faço tudo como os bifes. Quanto aos bróculos, tenho-me mantido por simplesmente os saltear – ficam meio encruados, saborosos e bem verdinhos – e são super práticos.
      São giros e deliciosos, prometo!

  2. Estou completamente embevecida com estes teus rolinhos! Tão simples mas cheios de coisas que adoro e têm um aspeto lindo…para além de que devem ter ficado deliciosos, é claro 😀 Uma receita fantástica para mais uma das nossas quintas-feiras e que vou anotar de certeza 😉 E sim, parece mesmo sushi (e olha que dessa matéria percebo eu 😀 hehe)… Olha, sabes o que te digo só para terminar? Ficaram maravilhosos "pra xuxu" 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *