Querido Pai Natal…

Chamem-me tudo, superficial, vaidosa, bimba e pirosa, mas é Natal e eu posso sonhar!

Uma listinha, com coisas que eu adorava que morassem comigo – e atenção, não são só coisas relacionadas com comida, não vão ficar já a sentir-se enganados “Ah e tal mas isto é um blog de culinária”. 
Sim é, mas a carne é fraca, e estas outras-coisas-não-culinárias são aquilo de que gosto!
1. Por muito que goste da minha pequena e tosca Olympus, está na hora do upgrade, para ter fotografias melhores no blog; e também porque com aquela máquina duvido que me aceitem num curso de fotografia
2. Isto é só o melho processador alimentar que alguma vez existiu. Potência que nunca mais acaba, íamos ser muito felizes juntos – com hambúrgueres e manteigas de frutos secos, sumos de fruta..
3. Acho que nem precisa de legenda o espectacular que é esta camisola. E por todas as razões e mais alguma, acho que era perfeita para mim


4. Legos do Batman. Sim, adoro Legos. E amo o Batman. Voltei a ser criança. Que se dane!

5. Marc, meu querido Marc, porque fazes malas tão bonitas mas sempre tão caras? Deixas-me triste…

6. Sim, adoro malas e sapatos – mas sapatos assim, à homem – é que não sei andar de saltos e não estou para me torturar

7. Bilhetes de avião, uma caravana e passes para o festival mais cool do universo – o South by Southwest (tudo x2 por favor!)

8. Este é claramente para sonhar, e sonhar muito. Mas uma miniatura para admirar calhava bem.
Ford Mustang 1969 Azul. Ai, aguenta coração, um dia quem sabe, um dia..
Pronto é isto, estás a ouvir barbudo?!
O Mustang é azul! Da mesma cor da Marc Jacob ahah
E vocês, também têm uma lista de desejos para o Natal? 

Projecto Natal 2014 by “Há vida para além da massa de atum” | Porta-velas (DIY)

Se achavam que já tinham visto tudo, espantem-se mais uma vez – é que eu e a Vânia não sabemos mesmo é estar quietas
Hoje é quinta-feira (não se tivessem apercebido ainda), e como tal temos “Há vida para além da massa de atum”, mas numa versão projecto adequado à quadra, e um pouco diferente dos anteriores.

Projecto Natal 2014
Receitas | Prendas | Decoração | DIY
 
 
O que vos propomos então é que nos enviem as vossas sugestões natalícias, sejam elas receitas que fazem parte do vosso Natal, sejam iguarias que se podem oferecer, passando pelas decorações, prendas e projectos de DIY (do-it-yourself ou faça você mesmo), em que aproveitem o que têm por casa.
E o que é que muda no desafio deste mês?!, perguntam vocês… Bem, várias coisas:
– o desafio está aberto a receber as vossas sugestões até ao dia 20 de Dezembro, por isso têm um mês inteiro para nos trazerem ideias originais;
– este mês não irá ser escolhido aleatoriamente um vencedor: se, por si só, os desafios deste nosso projeto já defendem, acima de tudo, a troca de receitas de uma forma totalmente desinteressada, este mês o espírito da partilha está ainda mais vincado.
 – pedimo-vos que nos enviem as vossas criações originais: as publicações têm de ser concebidas para este efeito, tal como acontece em todos os outros desafios (o que não invalida que vocês não aproveitem receitas ou outras sugestões que já tenham publicado anteriormente e que achem que são ideais para partilhar com todos nós, desde que façam com elas uma nova publicação nos vossos blogues!).
Por último, como a ideia é mesmo partilhar o máximo possível neste Natal, vamos criar um álbum de fotos nas nossas páginas de Facebook, que vai estar constantemente a ser atualizado e divulgado com as vossas ideias e sugestões natalícias, para que a verdadeira partilha se concretize e para que nos ajudemos uns aos outros a ter um Natal mais saboroso e original.

Pelo Coisas e Coisinhas vão encontrar uma sugestão doce que marca o início do projecto. Já por aqui, vamos quebrar a rotina e esquecer por momentos que este é um blog de culinária.
Não sei se já vos tinha dito mas adoro trabalhos manuais – desde pequena que tenho por hobbie lançar mão das tesouras e  dos materiais mais diversos para criar. -no Natal dá-me maior gozo, porque posso criar desde presentes originais e exclusivos, a decorações mais personalizadas e diferentes.
Por isso este projecto me agrada tanto, porque posso mostrar uma outra faceta minha (tenho várias, acho que deviam desconfiar).
Para estrear o projecto, lancei mão ao que tinha cá por casa, e em menos de 5 minutos fiz este porta-velas (estes 5 minutos são mesmo verdade – não me lembrei que tinha de dar o exemplo de uma ideia natalícia, então corri contra o tempo, para ter luz suficiente para fotografar e ter uma coisa decente e apresentável).
Acho que cumpri!

Com pouco, só com coisas que temos em casa, pode dar-se um brilho especial à nossa casa nesta altura natalícia – um frasco de vidro banal, uma fita e um elemento que nos remeta para o Natal (o meu retirado dos mais bonitos embrulhos que se fazem no país [momento EL Corte Inglés]).
Basta enrolar a ráfia em volta do gargalo do frasco, dando vários nós – não é necessário que fique perfeito, a piada está em parecer aleatório. Na ráfia entrelaça-se o fio com os flocos de neve (ou os elementos que  bolas, pequena pinhas, guizos, sinos, laços – dêem largas à vossa imaginação, qualquer um deles funciona muito bem).
Enche-se o frasco de água até meio e coloca-se a vela, com cuidado, para que fique a boiar.

Ideal para decorações mais descomprometidas e que incluem não só os menos habilidosos, mas também as crianças, que gostam sempre de fazer projectos manuais.
Follow A COZINHA DA OVELHA NEGRA

Bolachas de gengibre / Ginger cookies

As típicas bolachas de um outro Natal

Não
é nos é estranho o nome destas bolachas, e provavelmente muitos já as quiseram
experimentar. É uma tradição natalícia noutras paragens, mas não quer dizer que
por cá não as possamos fazer também.
Aqui
fica a receita para poderem fazer os vossos “ginger bread men”

(Foi esta a receita que utilizei para fazer estas bolachas)


Ingredientes:
1
embalagem de pudim instantâneo (aqueles do chinês, por exemplo)
Meio
copo de manteiga
Meio
copo de Brown sugar (se não tiverem, utilizem açúcar amarelo)
1
ovo
1
copo e meio de farinha com fermento
1
colher e meia de fermento
1
colher de sopa rasa de gengibre em pó
1
colher de chá de canela em pó.
Comecem
por bater a manteiga, o pudim, o ovo e o açúcar até fique uma mistura homogénea
e cremosa; juntem por fim os ingredientes secos – a farinha, o fermento, o
gengibre e a canela.
Levem
a massa ao frigorífico durante cerca de 1 hora, até que fique firme, e ideal
para ser trabalhada.
Numa
superfície enfarinhada, estiquem a massa com o rolo, e cortem, as figuras que
desejarem.
Levem
as bolachas ao forno durante cerca de 10 minutos, até que as pontas comecem a
ficar douradas.
Uma sugestão natalícia (ainda se adequa à época)e muito saborosa
🙂
Here in Portugal there’s no tradition on ginger
cookies, but that doesn’t mean we can’t bake some 🙂
A Christmas tradition I wish we had, but we can always
create our own traditions
Ingredients:
1 pudding mix
Half cup of butter
Half cup of brown sugar
1 egg
1 and a half cups of all purpose flour
1 and a half teaspoon of baking soda
1 and a half teaspoon of ground ginger
1 teaspoon of ground cinnamon
Cream together the pudding mix, butter and brown sugar
until smooth, then stir in the egg. Combine the flour, the baking soda, the
ginger and the cinnamon.
Refrigerate the dough for about 1 hour, until firm.
On a floured board, roll the dough out and cut the
shapes you like, with a cookie cutter.

Bake the cookies for about 10 minutes, until they’re
golden at the edges.

Hope you like this cookies as much as I do 🙂