Empadas de Vegetais | Vegetable pies

Uma massa fina e crocante com um recheio suave. Hoje temos empadas de vegetais – absolutamente perfeitas, para todos dias, ideais para fazer uma limpeza ao frigorífico.

Sempre tive dificuldade me comer folhados, empadas e coisas do género fora de casa: massas gordurosas, recheios secos e diminutos e combinações mal feitas resultaram nesta quase aversão.
Mas certo dia, estava eu numa superfície comercial e a fome apertou. E lá me tive de desenrascar.
Acabei por comprar uma empada de seitan.
Estava com medo. Em certa altura da minha vida provei seitan e a experiência não foi boa; aliás, foi medonha. Mas resolvi dar-lhe uma segunda chance (já parece a história do tofu).
  • À primeira dentada fui surpreendida com uma quantidade agradável de recheio – “Ah”, pensei eu “afinal há empadas bem recheadas neste mundo!”.
  • À segunda dentada percebi que cometi um erro terrível em não ter dado uma oportunidade ao seitan num passado mais recente
  • À terceira dentada decidi que havia de fazer empadas em casa. E que qualquer dia havia de fazer também seitan.

Ao fim de três dentadas resolvi dar uma chance às empadas, mas só a dois tipos delas: às compradas nesta tal loja (dica: tem o nome do local onde se armazenam os cereais) e às feitas em casa. Ah e à possibilidade de um dia, eu e a minha irmã, nos lançar-mos na aventura de fazer seitan caseiro (quem tiver uma boa receita que se acuse!)

Estas empadas saíram só com vegetais e saíram muito bem. A massa que usei foi a massa que uso para as tartes doces, que além de maravilhosa é super versátil. Podem fazer-se muitas e congelar – depois quando é preciso é só pôr no forno.
Práticas, deliciosas e para todos os dias. Afinal, é disto que se fazem as receitas da Ovelha Negra.
E nada melhor do que estas empadas para retomar as receitas que desenvolvo para a Beauti.pt.
Empadas de vegetais
A massa de sempre ou  1 base de massa quebrada
8 cogumelos frescos
1 talo de alho francês (da parte branca)
1 cenoura
5 colheres de sopa de natas de soja
1 colher de sopa de gordura vegetal

Pré-aquecer o forno a 180ºC

Com o rolo da massa, estender a massa quebrada e cortar em círculos grandes – atenção que para cada empada serão precisos 2 círculos.
Numa frigideira derrete-se  a gordura vegeta e salteiam-se os cogumelos laminados. Reservam-se.
Na mesma frigideira salteia-se o alho francês laminado e a cenoura ralada. Assim que os vegetais pareçam  mais moles, juntam-se os cogumelos, tempera-se a gosto e juntam-se as natas de soja.
Com uma colher, dispõe-se cerca de 2 porções de recheio no centro do círculo de massa. Com outro o outro círculo, cobre-se o preparado, e fecha-se com a ajuda de um garfo.
Levar ao forno sobre papel vegetal até que a massa esteja dourada.
Servir com uma salada generosa.

 

 

[Recipe in English]
Vegetable pies
1 shortcrust pastry base
8 fresh mushrooms
1 stalk of leek (white part)
1 carrot
5 tablespoons soy cream
1 teaspoon vegetable oil
Preheat the oven to 180ºC
With a rolling pin, stretch the dough and cut into large circles – note that it will take for each patty 2 circles.
In a frying pan heat the oil and sauté the sliced mushrooms. In the same skillet sauté  the leek and grated carrots. Once the vegetables seem softer, add the mushrooms, season to taste and at last, add in the soy cream.
With a spoon, place 2-filling portions in the center of the circle of dough. With another circle, covers the filling and close the patty a fork.
Bake on parchment paper until the pies turn golden brown.
Serve with a generous salad.

 

 

 

 

Bem recheadas, crocantes e deliciosas. Assim devem ser todas as empadas!
Estas, pelo menos, cumprem esse preceito.

 

Follow A COZINHA DA OVELHA NEGRA

  

10 thoughts on “Empadas de Vegetais | Vegetable pies

  1. Também nunca fui à bola com empadas dos cafés mas adoro empadinhas caseiras e estas estão de morrer! Que delícia! 🙂

    O seitan e o tofu são daquelas coisas, primeiro estranhas, depois entranhas! 😉 Também não fui muito à bola no início mas agora adoro! 🙂

    (Receita boas de seitan caseiro: tens lá no meu blog, também gosto da receita do blog The Love Food e também tens no Compassionate Cuisine) 😉

  2. Eu também não gosto muito de folhados, têm muita massa e recheio que é bom um centímetro no meio 😛 A minha avó diz sempre que gosta mais da massa! Se tiver de dividir um folhado com alguém ao menos… hahaha
    Com rissóis também acontece um bocado, principalmente de carne, são muito secos.
    Ainda bem que dás dentadas pequenas, se fosse a minha avó comia tudo de uma trinca e depois não havia tempo para resoluções 😛
    O recheio parece MESMO bom!
    OVNIS! IMENSOS ovnis, logo a seguir à receita inglesa!
    OVNIS INSUFLADOS 😛 THEY'RE COMING TO GET US! WE AIN'T NO RUNNERS, WE AIN'T GOIN' NOWHERE hahaha 😛
    O interior dos ovnis é MESMO assim? Nunca pensei 😛

Responder a Clara Brito Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *