Hambúrgueres de quinoa e batata doce

 

Hoje temos slow food, com hambúrgueres de quinoa e batata-doce. Mas calma, não são muito lentos – o tempo que levam tornam estes hambúrgueres nos ideais para o dia a dia.

Hambúrgueres são conotados como fast-food. Bem, pelo menos os que se comem em certas cadeias por ai fora. Porém, já podemos escolher hambúrgueres mais lentos, com carne de maior qualidade, hambúrgueres alternativos à carne e ainda os pregos de peixe.
O conceito de fast food é interessante, mas seria ainda mais se existissem de facto mais alternativas saudáveis a que se possam recorrer quando não houve tempo para fazer a marmita, nos apetece alguma coisa bem saudável a meio de umas compras ou quando o tempo exige que a comida seja deglutida enquanto o diabo esfrega um olho.
Existem algumas cadeia de fast-food saudável, mas nenhuma me agrada completamente. Comer saladas e massas, ou massas e saladas, não é alternativa para mim – nem por uma questão de preço, mas antes por uma clara falta de variedade.
Por isso volta e meia faço uma experiências em casa. Semelhantes ao fast-food, mas só no aspecto. O típico hambúrguer com batatas fritas ganha outras cores, outros paladares e outras maneiras de confecção.
Poupamos em comer em casa, ganhamos saúde e fazemos um brilharete – porque estes hambúrgueres não deixam ninguém mal visto.

 

Hambúrgueres de quinoa e batata doce
para 4 hambúrgueres médios:
1 chávena de quinoa cozida escorrida
1 chávena de puré de batata doce
4 colheres de sopa de flocos de aveia
1 colher de chá de paprika

 

1 colher de sopa de azeite
2 alhos esmagados
2 colheres de sopa de cebolinho picado
1 colher de sopa de levedura de cerveja
1 colher de sopa de linhaça moída
Sal e pimenta q.b.

 

 

 

Pré-aquecer o forno a 200ºC
Coze-se a quinoa conforme as instruções  reserva-se.
Para fazer o puré de batata doce, basta cozê-la, descascada, por cerca de 10 minutos em água abundante. Depois de cozida, esmagar com um garfo.
Numa tigela grande misturam-se todos os ingredientes até se obter uma pasta consistente.
Com as mãos, moldam-se os hambúrgueres, que se dispõem num tabuleiro, pincelado com azeite.
Polvilham-se os hambúrgueres com sementes de sésamo
Vão forno por cerca de 20-30 minutos, até que fiquem dourados. Durante a cozedura, vão-se virando os hambúrgueres para que cozinhem uniformemente.
Estes hambúrgueres têm um sabor mais marcado – a paprika faz toda a diferença – mas são muito agradáveis. O sabor ligeiramente fumado não se sobrepõe, e consegue-se sentir a batata doce e a quinoa. Apesar da sua textura um pouco mole, têm-se um hambúrguer incrível, que se pode comer num pão, como um típico hambúrguer que se preze.
Acompanham-se com salada de couve, chips de batata doce. ou chips de batata com creme de ervas  – tudo alternativas saudáveis às típicas batatas fritas.
Follow A COZINHA DA OVELHA NEGRA
 
  

8 thoughts on “Hambúrgueres de quinoa e batata doce

  1. As tuas hambúrgueres de quinoa e batata doce ficaram um espanto:)

    Eu fiz e adorei os meus são diferentes do teu mas a textura mole é igual:)

    Ficaram deliciosos e os teus também de certeza que ficaram:)

    Sugestões fantásticas e saudáveis adoro!

    Beijinho querida Teresa

  2. Nossa!!!! Fiquei com água na boca, que combinação deliciosa!!!
    Há tempos não compro hamburger industrializado…fazer em casa não tem segredo e é uma forma de comermos combinações mais saudáveis, né?
    Beijos e ótimo final de semana pra ti! =)

  3. Que msitura de ingredientes tão boa e adoro hambúrgueres, estes vão para a lista. E concordo, a fast-food saudável é tão pouco variada que até enjoa. E procurar fast food vegetariana então é ainda pior. Mas eu comprava uns hambúrgueres destes! 😉

    beijinho*

  4. Estou a salivar com estes teus hambúrgueres, ainda para mais a uma hora destas que o almoço já lá vai, o lanche foi fraquinho e o jantar começa a ser pensado 😛 hehe Ficaram maravilhosos Tekas!! Sem dúvida uma opção saudável mas cheia de sabor, assim é que eu gosto 😀

  5. Por acaso comi uma salada num centro comercial com massa integral, molho de alho e 5 ingredientes e achei melhor do que o esperado 🙂 Claro que não é excessivamente saudável, mas é alguma coisa 😉
    Claro que esses hambúrgueres são muito melhores 🙂 Devias criar uma cadeia de fast food 🙂 MacOvelhaNegra, soa bem? 😉
    A pescanova tem uns fishburgers com os quais eu me entusiasmei uma vez – há de salmão, pescada,… Só que têm um sabor estranho e são mesmo pequenos 🙁 Prego com hambúrguer de peixe é muuuuito estranho 😛
    Adorei essa salada, acho que não tinha visto a receita! Adoro couve assim em tiras fininhas, que booom 🙂

Responder a Avelã Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *