Salame de chocolate (versão II)

 Não há coisa que mais goste, que use sem pensar, que seja tão natural ter no congelador sempre à mão… Ai enganei-me! O que tenho sempre no congelador são courgettes!
Mas pronto, acho que se aplica também ao salame – se procurar, encontro sempre um pedaço dele no congelador; se não tiver, faço um!

Quem nunca fez salame? Lambuzou-se de chocolate, partir bolachas, lambeu a taça da mais maravilhosa sobremesa de todas? Lembro-me de em pequena a minha mãe fazer salame para mim e para a minha irmã, mas com uma condição: tínhamos de ser nós a partir as bolachas – porque esta tarefa a minha mãe detesta. E lá ía-mos nós, com umas mãos pequeninas a partir bolachas para dentro de uma taça vermelha (ainda uso essas taças, todas vermelhas e de diferentes tamanhos).
Acho que a espera nem custava tanto – eu gostava era de rapar os restinhos da taça! Havia vezes em que me esquecia de que tinha o salame no congelador e tudo. Mas, e mal se desse conta dele, desaparecia em menos de nada!
No outro dia apeteceu-me salame. Sabe tão bem! Não vos vou mentir, não é a sobremesa mais saudável deste mundo, nem acho que possa alguma vez ser – salame que é salame é de chocolate, e pronto! Mas mesmo assim, achei que tinha margem para criar e tornar mais saudável esta maravilha.
E consegui – reduzi o açúcar, reduzi o chocolate MAS adicionei cacau. O resultado? Surpreendentemente bom!
Acho que não há ninguém que não tenha os ingredientes do salame em casa, por isso é que é a sobremesa mais comum para introduzir os mais pequenos às artes culinárias. Nem vale a pena dizer-vos que além de sempre delicioso, é também uma sobremesa bem em conta. E calha bem que hoje é dia de “Há vida para além da massa de atum”. E claro, não se esqueçam de que a minha partner in crime, Vânia Maria trás-nos sempre coisas maravilhosas no seu Coisas e Coisinhas
ATENÇÃO que dia 5 (é já Domingo) acaba o nosso desafio, sob o tema “Petiscos saudáveis”. Quero ver que coisas novas e inventivas nos vão trazer! Todas as regras aqui.

Se não quiserem destas mariquices saudáveis, podem seguir esta receita, publicada nos primeiros dias do blog, por isso com fotografias péssimas (mas cheias de boa vontade) – façam só o favor de dobrar a receita, para que tenham um salame mais composto.

Salame de Chocolate
Ingredientes
75g de chocolate em pó
2 colheres de sopa de cacau em pó
1 chávena de café de açúcar
2 colheres de sopa de becel
2 ovos
150-200g de bolacha-Maria
 

 

 

 

 

 

 Mistura-se o chocolate com o cacau. À parte, tritura-se o açúcar com a becel; juntam-se à mistura do chocolate com o cacau, e adicionam-se os ovos. Mexe-se bem até se obter um creme homogéneo.

Adicionam-se por fim as bolachas, partidas em pedaços pequenos – a quantidade varia consoante o vosso gosto, eu coloco sempre mais bolacha, mas podem fazer como mais gostarem.
 
Enrola-se então o preparado em papel de alumínio, dando-lhe a forma de um rolo. Leva-se ao congelador até solidificar.
Se não se comer todo, guarda-se no congelador.
Nada sabe melhor do que um pedaço da nossa infância enrolado em papel de alumínio e cheio de chocolate
🙂

 

10 thoughts on “Salame de chocolate (versão II)

  1. "Quem é que nunca fez salame?" E lá se ergue uma mãozita tímida, no meio de toda a multidão…a minha 😛 hehe Pois, é verdade…eu nunca fiz salame confesso! E poquê? Sinceramente não sei porque tens toda a razão naquilo que dizes: os ingredientes são daqueles que temos quase sempre por casa, faz-se num instante e agrada a quase todos, e ainda por cima aguenta-se imenso tempo bem conservado…e ainda nos traz memórias de infância, como tão bem descreves…apesar das minhas memórias à volta do salame estarem mais relacionadas com festas de anos cheias de crianças famintas e gulosas à volta da mesa 😛 Mas eu acho que o motivo pelo qual nunca fiz salame é bem simples até: é que eu não sou grande fã, confesso, nunca fui :/ Muito doce para meu gosto… Mas o meu mais que tudo adora de morte! E até ele já fez salame!! Sim, ele, que nuncaaaaa cozinha e que pouco ou nada sabe fazer nesse domínio, já produziu o seu próprio salame. Por isso não me vou deixar ficar atrás – odeio isso 😉 Gostei desta tua versão, parece-me mais leve e gosto do facto de ser um pouco menos pecaminosa…por isso vou guardá-la e vai ser esta a primeira receita de salame que vou experimentar, prometido 😀

    1. Agora fiquei verdadeiramente espantada! Vânia, vai por mim, esta receita sabe é a chocolate e só a chocolate – reduzo sempre o açúcar nas coisas, e desta vez reduzi mais, e reduzi o chocolate em pó que já por si confere sempre muita doçura ao salame – mas adicionei cacau, o amargo cacau que lhe deu aquele toque. Fazes, dás a provar ao teu rapaz e ele vai adorar; e espero que tu também 😉

  2. "Quem nunca fez salame?" -> eu 😉 Só provei uma vez, quando tinha uns 10 anos e já nem me lembro.
    É assim tão bom? 😛 Nunca pensei que alguém adorasse o salame assim tanto, parece-me uma sobremesa tão mediana 😛 Mas que tem bom aspeto tem 😉
    (Queres enganar o pessoal? Andas a pôr menos uma grama de chocolate em pó do que é suposto?! Mau, mau…)
    O menos saudável do salame ainda parece ser a bolacha maria, não o chocolate 😛 Mas pronto, pode sempre ser mais saudável do que o costume 😉
    Essa das bolachas faz-me lembrar a minha avó e a feijoada, eu e a minha irmã é que desfiávamos a carne 😉 Mais tarde eu tentei fazer isso com o meu irmão mais novo, mas para arroz de pato, mas a tentativa saiu-me furada e tive de interromper a meio para não ficar sem pato 😛 Que lambão 😛
    Resumindo, esse salame parece muito bom, tenho de experimentar fazer 😉

    1. Aquelas 74 gramas eram a pensar em ti, porque sabia que ias ser a única a reparar e a reclamar com a minha imprecisão 😀
      Vai fazer um salame! É uma sobremesa mítica, todos nós em criança a comemos. Tenho boas recordações de salame – eu era uma miúda gorda, por isso toda a minha felicidade infantil andou à volta da comida.Só consigo comer salame caseiro, feito por mim ou pela minha mãe – nos cafés detesto, porque é demasiado artificial e não me sabe a coisas felizes, antes a pedaços massudos de sucedâneos de chocolate baratos!
      As bolachas estão à espera de um substituto à altura – que ainda não descobri mas que há de aparecer 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *