Frango com alho francês em leite de côco

Se seguem o blog têm visto que tenho atacado os vegetais em força. Contudo, não virei (nem virarei para ser honesta) vegetariana. Assumo que consumo muito pouca carne de vaca e de porco, mas ainda assim como carne de perú e de frango.
Adoro cozinhar, e desengane-se quem acha que esta minha fase de vegetais com fartura faz com que só coma alfaces e cenouras cruas – se me seguem no Facebook e no Instagram  ou aqui mesmo no blog com as receitas, já viram os meus almoços e jantares bem coloridos.
É que ser mais saudável não é chato nem enfadonho. E até se podem fazer pratos super coloridos e apaladados, que explodem todos os nossos sentidos, que nem este frango. Delicioso, e saudável 😉

Ingredientes:
2 peitos de frango cortados em tiras
Raspa de 1/2 limão
1/2 alho francês picado finamente
1 col.sopa de coentros picados
1 col.chá de linhaça
1 col.chá de noz moscada
1 col.chá de gengibre ralado
Sal e pimenta
6 col.sopa de leite de côco

Para uma versão mais light, substituir o leite de côco normal por leite de côco para beber, que é mais leve e pouco calórico. Para conferir alguma cremosidade ao prato, adicionar no fim da sua confecção 3 col.sopa de creme de soja para cozinhar.
 

Marinar o frango com os coentros, a raspa de limão, a noz moscada, a linhaça, o gengibre, o alho francês picado o sal e a pimenta por cerca de 20 minutos.
Numa frigideira aquecer 1 col.chá de óleo ou de creme vegetal para ozinhar – quando estiver bem quente, junta-se o frango. Cozinhar em lume forte, para que o frango fique bem dourado- se começar a pegar â frigideira, juntar um pouco de água. Baixa-se o lume e junta-se o leite de côco; tapa-se e deixa-se cozinhar por 15 minutos. Rectificar os temperos e finalizar com coentros picados frescos.
 
Pratos cozinhados com amor, e fotografados com paixão.
Check out my facebook.

13 thoughts on “Frango com alho francês em leite de côco

  1. Sempre que leio "leite de coco" a minha cabeça automaticamente "traduz" para iogurte ou creme culinário de soja 😉 hehehe Por isso, com um desses ingredientes, estas receitinha bem simples e aromática é bem a meu gosto! E concordo plenamente contigo: comer bem e de forma saudável não tem, nem deve, ser de forma alguma enfadonho 😉
    Beijinhos *

  2. Olá!

    Eu gosto muito de leite de coco na comida, não uso muito porque é muito calórico… Na verdade, esse prato está maravilhoso, com um ótimo aspeto!
    E embora não use muito leite de côco, essa receita vai já para a minha lista de "receitas a fazer"!

    Bjs

  3. Minha querida sabes que sou a menina da alimentação saudavel:)

    Tal como tu eu carne de vaca não como e quando como é muitooo exporadicamente tal como o porco esse não como mesmo, apesar de a parte do lombo gostar mas mesmo assim evito.

    É mais carnes brancas, frango, peru, borrego, cabrito e adoro e sinto me muito bem

    Como muitos legumes e saladas além de adorar já faz parte de mim, este teu prato é delicioso, eu em casa uso muitas vezes o leite de coco para fazer com frango e caril fica delicioso ou sem caril tambem fica otimo.

    Uso para substituir as natas, tal como dizes é calorico, mas o azeite tambem é calorico:)

    Aqui o que importa é usares gorduras boas que fazem bem a saude e desta forma usares azeite ou leite de coco as mesmas fazem parte das godrduras boas:)

    Para quem quer perder peso é claro que não deve consumir todos dias, mas pode perfeitamente exporadicamente consumir como substituto das natas eu uso leite de coco normal ou as vezes compro um no pingo doce que é light nao sou nada a favor do light mas conhecendo o rotulo nao faz mal a unica diferença é ter menos calorias eles conseguem esta redução de calorias porque tambem este leite de coco e mais liguido, fica igualmente bom apenas tens que deixar ferver mais para engrossar e não precisas de colocar molho de soja ehehe ai e que ainda fica mais calorico.

    Espero ter ajudado querida, um grande beijinho gosto muito do teu blogue continua a partilhar as tuas delicias saudaveis:)

    Beijaooo

    1. Vanessa, escreveste exactamente aquilo que tinha aqui na cabeça e não conseguia explicar muito bem. As pessoas confundem gordura com qualquer tipo de gordura, e esquecem-se que existem gorduras boas. Há que ter consciência disso. E a melhor maneira de ser saudável é variar nas cores que temos no prato – por isso, não será a comer só alface que se emagrece bem.

      Para ser ser saudável há que ser informado 🙂
      Ajudaste imenso, e muito obrigada pelos elogios. Continuarei com as minhas receitas saudáveis, e espero que gostes delas

Responder a Eva Gonçalves Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *