Muffins de cenoura e noz [VEGAN]

Para terminar a semana do “Brunch Vegan”, fica uma sugestão doce.
Fofos, macios e absolutamente deliciosos, para o início do fim de semana, uns surpeendentes Muffins de cenoura e noz (vegan!)

Termina a semana, terminam as receitas do meu brunch vegan, o que quer dizer que amanhã já o podem fazer. Optei por guardar os muffins para o fim, já que além de serem uma óptima opção para as nossas manhãs, são ainda uma sobremesa diferente, e que podem perfeitamente incluir nos vossos menus de Páscoa, que se aproxima.

Prefiro muffins assim, fofos e completos, óptimos e ideais para o pequeno almoço ou para o lanche. Estes, de cenoura e noz, são uma alternativa prática e para caprichar de vez em quando. A cenoura torna-os densos na medida certa e por isso saciantes.
As nozes trazem um elemento crocante, tanto na cobertura como no interior.
Quanto às especiarias, se não gostaram ou são alérgicos, substituam-nas por outras ou, simplesmente, não as incluam na receita.
Não têm linhaça? Substituam a linhaça e a água por 2 ovos inteiros.
Não consomem leite vegetal? O leite de vaca serve na perfeição!
E as nozes são obrigatórias? Claro que não! Substituam por amêndoas se assim preferirem.
O importante é que os façam, e vejam o quão fácil são!
180g de farinha com fermento
140g de açúcar amarelo
60g de miolo de noz picado
2 colheres de sopa de flocos de aveia
3 colheres de sopa de linhaça moída
(+ 5 colheres de sopa de água)
100ml de óleo de côco derretido (ou vegetal)
150ml de leite vegetal
3 colheres de chá de fermento
1 colher de sopa e vinagre de vinho branco ou de cidra
2 cenouras raladas
1 colher de chá de canela em pó
1 colher de café de noz moscada
1 colher de café de gengibre em pó (opcional)
Pré-aquecer o forno a 200ºC
Numa taça, mistura-se a linhaça moída com a água, e deixa-se repousar por cerca de 10 minutos – vão obter uma mistura de consistência gelatinosa – o chamado “ovo de linhaça”.
À mistura da linhaça junta-se o açúcar e as especiarias, e envolve-se, incorporando lentamente o leite, e por fim o óleo e o vinagre. Sem trabalhar muito o preparado, envolve-se, intercaladamente, a cenoura ralada, a farinha, o fermento e parte das nozes; no fim, acrescenta-se a aveia.

 

Divide-se o preparado pelas formas, e por cima dispõe-se nozes picadas.
Vão a cozer, com o calor por baixo e a ventilação ligada, por cerca de 10-15 minutos (depende de forno para forno, por isso aconselho a fazerem o teste do palito – se sair sem massa líquida, estão prontos).

Sem ovos, sem lactose e sem manteiga – são muffins vegan, absolutamente deliciosos!
Em tempos achei que cozinhar assim, sem ovos e com ingredientes diferentes seria mais aborrecido, sem piada e com menos sabor.
Comprovem também que estão errados!
É que os bolos sem ovos são possíveis e são absolutamente deliciosos!

p.s- fico à espera dos vossos relatos! É que amanhã já entra o fim-de-semana, e isso pede um brunch!

Follow A COZINHA DA OVELHA NEGRA

18 thoughts on “Muffins de cenoura e noz [VEGAN]

  1. Estava mortinha para descobrir a receita destes queques 🙂 Não vai demorar muito para os fazer!
    Será que dá para diminuir a quantidade de óleo usado, Teresa? Apenas tenho azeite e digamos que se usar 100ml de azeite os queques vão sair demasiado calóricos, saturados em gordura e com um sabor acentuado..

    beijinho,
    ofoatmealandwanderlust.blogspot.pt

    1. Olá Inês 🙂 Agora já a descobriste!
      Penso que não haverá problema, eu própria já repeti a receita, e diminui o óleo – cerca de 50ml será suficiente.
      Depois quero feedback 😉 ´
      Beijinho, Teresa

  2. Eu estou cheia de vontade de os fazer e de os comer 🙂 assim num brunch lindo e cheio de boa gente à mesa!
    Ficaram tão bons, adoro com cenoura, aveia e especiarias. Maravilha, um beijinho.

  3. Adoro esses muffins em papel vegetal! Ficam adoráveis. Eu tenho umas forminhas MESMO giras e adoráveis da tiger que comprei para fazer bolinhos de arroz, mas depois houve uns contratempos e não tive tempo de os fazer antes de entrar no whole. Acho que vou usar logo quando acabar 😀
    Adoro nozes e cenoura nos queques… Ficam com uma textura tão boa!
    Essa massa parece mesmo muito uma de uns queques semelhantes que já fiz com açúcar mascavado 🙂
    O teu descascador de nozes parece um percevejo de andas 😛
    Gostei muito da receita, os queques estão mesmo apetitosos 🙂

    1. Acho que as formas de papel tornam todos os muffins iguais. Assim, com o papel vegetal não corro esse risco (se bem que o papel vem todo do mesmo rolo, mas enfim, já compreendes a dinâmica).
      Agora que já acabaste o Whole, e se bem que ainda estás ligada a ele umbilicalmente, acho que já é tempo de experimentar estes muffins-maravilha 🙂

    1. Estou apaixonada por esta forma de cozinhar, e confesso que demorei mais a começar a fazê.lo porque sou a inercia em pessoa – acreditas que nunca fiz pão em casa porque não compro fermento de padeiro? Só eu 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *