Penne com molho de espinafres

Para os dias de preguiça em que nada mais apetece do que uma tigela de massa quente. Para uma sexta-feira de ficar no sofá, um prato de conforto, bem simples, como pede a ocasião.

Há dias em que tudo o que apetece é ficar no sofá, enrolada numa manta, a ler um livro, e a deliciar-nos com uma tigela de comida quente. Nem sempre temos comida à nossa espera, ou vontade para a fazer; mas um prato como o de hoje, que demora 15 minutos, só vai tornar um serão de pura preguiça mais completo.
| Para descobrir também em Beauti.pt |
Penne com molho de espinafres
200g de penne cozido
100g de esparregado de compra
6 cogumelos frescos
2 colheres de sopa de vinho branco
2 colheres de sopa de manteiga
3 colheres de sopa de requeijão
5 colheres de sopa de leite
Sal e pimenta
Coze-se a massa e reserva-se. Entretanto, prepara-se o esparregado de acordo com as instruções da embalagem.
Salteiam-se os cogumelos laminados na manteiga; junta-se o vinho e deixa-se evaporar. Adiciona-se o esparregado, o leite e rectificam-se os temperos.
Por fim, envolve-se a massa e o requeijão desfeito.
Com o esparregado de compra e o requeijão conseguimos um molho cremoso, sem precisar de recorrer às natas. O esparregado não é a opção mais saudável, mas se escolherem um mais natural, com menos aditivos, poupam tempo e obtêm um prato diferente.
Follow A COZINHA DA OVELHA NEGRA
  

11 thoughts on “Penne com molho de espinafres

  1. Como adoro espinafres e penne! Normalmente uso a integral, porque adoro o sabor! Tem óptimo aspecto e é super rápida de fazer! Deixa-me que te diga que as tuas fotografias estão cada vez melhores :')

  2. Ai mas que coisa boa, com um aspecto delicioso! Agora, que tenho um bocadinho mais de tempo, vou dedicar-me a ler e reler o teu blog, para inspirar os meus almoços por casa. É que isto de trabalhar em casa é complicado, quando se trata de improvisar refeições leves, rápidas e saborosas 🙂

    Sara Cabido | Little Tiny Pieces of Me

  3. Adoro refeições rapidas. para azáfama do nosso dia-a-dia, é perfeito. tenho um lo(oooo)go caderno com refeições de 15 minutos – no máximo dos máximos 30 minutos – e quando a imaginação não surge, dou sempre la uma espreitadela. 🙂

    Obrigada por esta deliciosa partilha. Tenha a certeza que vou adorar, pois sou uma verdadeira amante de pratos com massa.

    P.s já tinha saudades de vir aqui ao teu cantinho!

    Um beijinho, Andreia.
    pontofinalparagrafos.blogspot.pt

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *