Sugestão #16 – Pigmeu

Um jantar para reunir uns amigos. Um sítio novo em Lisboa. Uma noite agradável.
A sugestão de hoje faz-se “de tudo um porco”

Já aqui o disse e volto a dizer – não sou vegetariana, não sou vegan, nunca deixei a 100% de comer carne – fiz uma opção para a minha vida e vivo com ela muito bem.

 A sugestão de hoje faz-se de porco.
Fica o aviso! 
Um jantar para juntar amigos que há muito que não se viam (porque falar é quase todos os dias). Não estávamos todos, mas com os grupos costuma ser assim.
Experimentar um restaurante novo em Campo de Ourique, receber umas aulas de fotografia (eu a aluna) e pôr a conversa em dia frente a frente, cara a cara, porque assim é que deveria ser sempre.
O pigmeu tem pouco tempo em Lisboa. E um conceito engraçado.
“De tudo um porco”. O pigmeu, assume-se sem vergonha a nova “Porcaria” de Lisboa.
Reinterpretações de pratos tradicionais como os pézinhos de coentrada, cocktaisl à portuguesa (em que as cachaças e runs desta vida são substituídas por água ardente), os sempre típicos croquetes, salada de orelha, torresmos.
Os mais maravilhosos chips de batata doce que alguma vez comi, uma salada cor de rosa e sandes de vários cortes – barriga, pernil e cachaço.
A decoração é agradável, confortável e convida a ficar para mais conversa e petiscos. O atendimento é impecável, atencioso e muito simpático. Que mais se podia pedir?
O Pigmeu está na  Rua 4 da Infantaria, nº68 , Campo de Ourique.
Follow A COZINHA DA OVELHA NEGRA

  

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *