Florentinos e o dia em que fui à televisão | Florentinos

 

Regresso às publicações e faço-o com doces…
Que bonito Teresa, muito bonito! Dada a quadra que se encerra devias carregar nas saladas, nos “low-carbs”, na proteína e queimar tudo quanto seja fonte de doce e calorias, pelo menos durante Janeiro!Mas em finais de 2014 estes meninos brilharam,  e por isso brilham também agora no começo de 2015

Depois de 2 semanas de pausa, tinha de voltar em grande! 
[English version bellow]

Tenho já em caixa um chilli vegetariano, uns raviollis e umas empadas vegetarianas mas achei por bem começar pela receita que mais me tem sido pedida…

Ah e tal é que fui à televisão!

Nota-se muito que ainda estou excitada com tal acontecimento fantástico na minha vida pouco agitada? Não era eu se não estivesse super entusiasmada! Desta minha primeira aparição televisiva vou destacar:
  1. Não estava a espera
  2. Apareci num canal e num programa jovem, quando achei que porventura a minha primeira aparição televisiva seria num canal generalista, num talk-show matinal e com um(a) apresentador(a) daqueles que cresci a ver
  3. Aparecer num canal de TV por cabo tem a sua piada – é que apesar de tudo no século XXI ser tecnológico, eu não tenho TV cabo!!!
E pronto, com isto tudo, dia 24 lá fui eu pedir ao meu namorado para ver televisão em casa dele e pronto. Achei a minha voz estranha, estava que nem uma Barbie (mas gira leia-se, eu sou muito mais gira na televisão), e os meus cozinhados agradaram  a quem os provou. No fim de tudo, gostei muito e queria repetir 🙂

 

Por isso é que hoje trago doces, porque resultaram tão bem, soltaram suspiros sinceros aos apresentadores e porque quem me viu em casa me pediu urgentemente por esta receita.

 

 

Florentinos, chamam-se florentinos. E são decadentes, oh se são! E como se não bastasse toda a decadência de um caramelo de manteiga e frutos secos, é rematado por uma capa de chocolate. E são tão crocantes…
E pronto, vou ali fazer mais uns florentinos, que entretanto Dezembro foi um mês de coisas boas e de desejos cumpridos.


(Agradecimento especial à minha irmã por alinhar nas minhas coisas e servir de modelo)


Florentinos
100g de manteiga com sal*
70g de açúcar mascavado ou brown sugar
80g de xarope de ácer
90g de farinha de arroz
150g de frutos secos laminados (amêndoas, nozes, avelãs, arandos, etc)
*para uma versão vegan utilizar manteiga vegetal




Num tacho derrete-se a manteiga com o açúcar e o xarope. Quando começar a ferver, baixa-se o lume e continua-se a mexer até ficar mais espesso.

Retira-se do lume e junta-se a farinha e os frutos secos, e envolve-se muito bem.
Num tabuleiro forrado com papel vegetal, verte-se o preparado e espalha-se bem.
Levar ao forno até que o caramelo escureça e pareça mais rijo.

 

Deixar arrefecer por completo.
Com uma forma redonda metálica vão-se cortar rodelas de caramelo – para que o mesmo não se parta, a melhor maneira para cortar é com a ajuda de um martelo  (martela-se a forma, com cuidado, para que se obtenham círculos perfeitos) 

 

Para a capa de chocolate, derrete.se cerca de 100g de chocolate negro com 1 colher de chá de manteiga e uma pitada de sal.
Cobre-se uma das faces dos florentinos e deixa-se arrefecer.

 

 

 

[English Version]
My entrance in 2015 had to be big. Therefore, no diets ou  less fatty thoughts. Remembering my TV appearence in late 2014, for the first post of 2015 I bring the most requested recipe  since then – the Florentinos. 
Incredibly easy and delicious, it is impossible not to love them.
A buttery, crispy, nutty caramel with a chocolate coat. I’m drooling already (bet you are too!)
In 2015 you must give them a try!
Ingredients:
100g of salted butter *
70g brown sugar
80g maple syrup
90g rice flour
150g rolled nuts (almonds, walnuts, hazelnuts, cranberries, etc.)
* for a vegan version use vegan butter
 
In a pan melt the butter, the sugar and syrup. When it starts to boil, low the heat and continue to mix until thickened.
Remove from the heat and add the flour and dried fruit; stir well until well incorporated
In a baking tray lined with parchment paper, pour the mix and spread. Bake until the caramel turns golden brown and seems harder.

 

For the chocolate coat, melt 100g of dark chocolate, with 1 teapoon of butter and a pinch of salt. Spread on a thin layer of chocolate over one of the florentino’s sides and allowed them to cool.
 
Preety amazing, right?!

 

 

 

 

O contraste do caramelo doce com o chocolate amargo e o toque do sal que o elevam fazem dos florentinos uma experiência única. Crocantes mas ao mesmo tempo suaves, são absolutamente irresistíveis!


Para comer com um café e quando apetece. E fazer as coisas de que se gosta.


Feliz 2015


Follow A COZINHA DA OVELHA NEGRA
  

6 thoughts on “Florentinos e o dia em que fui à televisão | Florentinos

  1. Olá Teresa!!!
    Fiquei hipnotizada por essa receita, deve ser daquelas de comer ajoelhada rezando! rsrs
    Parabéns pela sua participação na TV, que seja a primeira de muitas com muito sucesso!
    Beijos com os desejos de um 2015 recheado de coisas boas pra você e toda família!!! =)

  2. Eu viiii hahahaha 🙂
    Andei à procura em 5 episódios do programa, mas encontrei 😀 Era um que tinha um dos apresentadores com cabeça de frango 😀
    Achei muito giro 🙂 Aquele chocolate quente parecia pudim, de tão grosso! Ficaste muito bem 🙂
    Gostas de… carros? E de revistas de carros? Isso é bastante estranho, não só não tenho interesse como também não percebo nada. Bem, se um dia precisar sempre te posso pedir conselhos 😉

    1. O chocolate quente acabou por me sair ao lado – o leite de soja tende a engrossar e no meu caso engrossou de mais (vale que estava saboroso e os florentinos salvaram a situação). Sim, aquele chapéu de perú era genial! Fico contente que tenhas gostado!
      Avelã, eu adoro carros – sim, podes pedir-me conselhos, eu leio publicações dedicadas ao assunto desde que me conheço

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *