Bolonhesa de Tofu

Bolonhesa da verdadeira, mas que calhou ser sem carne. Não me atirem pedras, oh puritanos (e italianos). O sabor está todo lá, e nem se dá pela omissão da proteína animal!

Confesso que sou um pouco puritana em certas coisas – bolonhesa é bolonhesa com cenoura, aipo, tomate – todas as outras versões que se limitam a toneladas de tomate enlatado não são para mim bolonhesa, mas sim, molhos de tomate com carne (e que sabem todos ao mesmo porque o tomate de lata é um anulador de sabor (teorias minhas).
Desculpem a franqueza, mas o facto de não comer comida com tomate (já vos expliquei, o meu pai não gosta, e pronto, anulou-se esse ingrediente na maioria das refeições) tornou-me bastante exigente com os pratos que levam tomate.
Tomate enlatado poupa tempo e poupa a carteira, mas para mim não há nada que se iguale ao sabor do tomate natural. Dá trabalho, ficamos com as mãos numa miséria, mas há sabores que não têm preço. E não é por mais 2 minutos, o tempo que se perde a pelar e a cortar um tomate congelado que vem daí o mal ao mundo.

Mas esta minha exigência com o tomate fresco ou a receita original da bolonhesa vira-se contra mim quando, na inexistência de carne em casa, e existência de um bloco de tofu a passar de validade se sobrepõe.A parte da carne pronto, já não me lembro da última vez que a cozinhei. E até podia ter feito bolonhesa de soja, mas a verdade é que não gosto da dita, sabe-me a cartão. E queria mesmo ver se o tofu se aguentava desfeito, que nem carne picada.

E não é que funcionou?

 

Este é um prato 100% vegan, gluten-free e com pobre em hidratos de carbono.
E 100% MA-RA-VI-LHO-SO!

Bolonhesa de Tofu

1 bloco de 200 gramas de tofu, esmagado com um garfo
1 cebola média picada
3 cenouras
2 talos de aipo
1/2 pimento vermelho
150ml de vinho tinto
6 tomates pelados congelados
Óregãos, sal, pimenta e azeite

Num tacho largo começa-se por refogar a cebola  e o aipo em azeite até que caramelizem.
Juntar então a cenoura e o pimento picados e deixar cozinhar por 10 minutos. Aumentar o lume e juntar o vinho, sem deixar de mexer, para que o álcool evapore.
Adiciona-se o tomate em cubos, baixa-se o lume e deixa-se cozinhar tapado, em lume baixo, por 30 minutos. Se necessário, adicionar água.
Numa frigideira, salteia-se o tofu num fio de azeite, para que fique mais crocante. Junta-se ao restante preparado, adicionam-se oregãos ou outras ervas, alguma água, e deixa-se cozinhar por 1 hora, tapado, em lume brando.

O bom deste prato é que se faz com bastante facilidade, embora leve algum tempo. É por isso o ideal para fazer no início da semana ou um dia à noite, e ir utilizando durante a semana, seja como molho para a massa, seja como recheio para uma lasanha, canelonnis ou crepes.

O molho ficou óptimo, espesso, ideal para comer como uma bolnhesa que se preze – com um belo prato de massa – no meu caso, esparguete de courgette, porque a fome apertava e já não aguentava esperar pela massa tradicional. E aqui não se vê mas o meu prato levou carradas de queijo
É que adoro queijo!

 

Follow A COZINHA DA OVELHA NEGRA

  

5 thoughts on “Bolonhesa de Tofu

  1. Momento OHMEUDEUS acho que tens uma colher igual à minha 😀 Essa preta 🙂 Adoro-a, é a minha colher oficial do arroz 😀
    Só mesmo tu – massa à bolonhesa. Sem carne. E sem massa. 😛
    A minha avó também tem essa mania, e adora a minha bolonhesa por causa disso… Diz que é muito melhor do que a do meu pai, porque a dele estava sempre encharcada em tomate.
    Por acaso uma vez chili e deitei tomate a mais (perdi a noção, talvez fosse por estar a fazer uns 3 kg de carne) e ficou meeeeesmo mau 😛
    O tomate enlatado realmente é um bocado estranho, mas eu deito sempre um bocado (do de garrafa) e tomate congelado. A minha avó tem sempre tomates congelados na arca, e depois deita-lhes água quente por cima, desfaz com aquilo de fazer puré e deita na comida! É mesmo engraçado 😛
    *overdose de fotos da minha (tua?) colher*
    (pensando melhor, é melhor ir verificar se ainda a tenho. Não ma tenhas tu roubado.)
    (nope, temos mesmo uma colher igual. Que giro 😀 )
    Parece uma refeição mesmo boa, o tofu parece mesmo carne picada 🙂

  2. Tenho de experimentar isto! Eu também acho que o sabor do tomate natural é o melhor e uma bolonhesa calha mesmo bem nestes dias frios! Mas nunca fiz de tofu, faço sempre de lentilhas ou couve-flor (também não gosto de soja desidratada), vou experimentar de certeza! 🙂

    beijinho*

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *