Chips de batata no forno com creme de ervas

 
Para os dias em que a vontade é pouca mas a paciência parece querer contrariar, estes chips são rápidos? Sim, relativamente. Dão trabalho? Sim, algum. Valem a pena? Muita!

 Por esta ordem de ideias estes chips não deviam aparecer no “Há vida para além da massa de atum”. Mas confesso que não podia adiá-los: são baratos, crocantes, deliciosos e saudáveis (pelo menos mais saudáveis que batatas fritas, e sabem tal e qual como elas!)
Costumo ter dias em que a minha vontade de fazer alguma coisa (de jeito) é mesmo muito pouca. Dias em que só me apetece vegetar no sofá sem me mexer e sem fazer mesmo nada. Mas depois caí-me a responsabilidade e o sentimento de culpa – “Ana Teresa levanta o rabo do sofá e vai fazer alguma coisa!”.
Por norma levanto-me mesmo, e se estou com mais paciência ponho-me a engenhocar.
Engraçado como a falta de vontade é substituída por doses anormais de paciência, que me leva efectivamente a fazer alguma coisa de jeito – se não adianto trabalhos para a faculdade, ligo o forno e invento.
Estes chips são tão bons que até parecem mentira! Gostam de batatas fritas? Então experimentem estes chips – eu sou viciada na ditas batatas e fiquei rendida a estes chips, feitos no forno, igualmente crocantes e deliciosos.
Podem fazê-los com batata doce, que também ficam deliciosos – aliás, eu só recorri às batatas comuns porque acabei com as doces.
Chips de batata no forno
 
4 batatas largas
Oregãos
Sal fino
Azeite

 

 

 

Pré-aquecer o forno a 180ºC
Lavam-se muito bem as batatas. Com uma mandolina ou uma faca afiada, cortam-se fatias finas.
Numa taça, envolvem-se as lâminas de batata com azeite, e temperam-se com sal e oregãos.
Dispõem-se as fatias num tabuleiro, sem as sobrepor. Levar ao forno.  Quando começarem a ficar douradas, viram-se e deixam-se dourar.
Retirar para uma taça e tapar. Repetir o processo até acabar as lâminas.

 

E que tal um creme fresco para as acompanhar?

 

Creme de ervas
2 colheres de sopa de natas ácidas
(podem substituir por iogurte grego – nesse caso, omitir a água)
1 colher de chá de água
1 colher de café de alho em pó
1 colher de sopa de cebolinho fresco picado
Sal e pimenta

 

 

 

 

Acompanhados por um creme de ervas bem fresco, estes chips, crocantes e deliciosos, são uma óptima entrada e vão ainda muito bem com outros pratos (diz que para a semana vos mostro uns incríveis hambúrgueres de feijão e beringela que acompanharam estes chips).

 

 

Follow A COZINHA DA OVELHA NEGRA

  

8 thoughts on “Chips de batata no forno com creme de ervas

  1. Esta ideia agrada-me profundamente já que não são fritas e têm ótimo aspecto! Não sei se sei cortar a batata assim tão fininha sem a mandolina, mas a ver vamos 🙂 ontem o T. fez um molho desses e estava muito bom – mas foi com iogurte grego, sumo de limão, raspa de limão, cebolinho e oregãos! eheh <3

  2. Ohhh meu deus!! Queres matar-me já de gula??!!!! Adoro estas chips no forno…de batata branca ou doce, não importa…são maravilhosas e muito mais saudáveis!! E esse creme de ervas…nhamiiiiii!!! Quero tudo…e quero já!!! 😀 hehehe

  3. Esses dias são tããão bons! Quando uma pessoa está de férias e fica um dia a marinar em antigos episódios de C.S.I. ou Midsomer Murders… 🙂
    Às vezes também fico meia sem paciência para nada, e com alguma falta de concentração, não sei… Normalmente não me é difícil fazer o que tenho a fazer, mas às vezes…
    Essas chips parecem mesmo boas! Quero fazer há algum tempo… De batata-doce, beterraba, mandioca, maçã, abóbora,… Essas estão tão fininhas e crocantes!
    O molho também parece muito bom 😀 Mas estou mesmo a imaginá-las molhadas em philadelphia de morango… hmmm
    Espero bem que tenhas voltado para o sofá, desta vez com um "pacotinho" de chips para acompanhar 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *