Overnight Oats – Há vida para além da massa de atum #27

O pequeno-almoço que demora mais tempo a fazer-se, mas que nem damos por isso. As papas de aveia que se fazem durante a noite e que proporcionam um pequeno almoço reconfortante e rápido pela manhã

Como sabem voltei à escola depois de um semestre de pausa. Achava eu que ia ter o horário “pós-laboral”, e andava contente por ter tempo para tomar os meus maravilhosos pequenos almoços. Mas trocaram-me as voltas, e logo às segundas feiras (ninguém merece!!!) tenho de enfrentar o trânsito caótico matinal para estar na faculdade às 9h da manhã. E isso significa um pequeno almoço menos especial? Nada disso! 
Adoro papas de aveia, mas convenhamos, de manhã fazer papas no tacho dão muito trabalho. Já tinha ouvido falar das Overnight Oats, e decidi que agora tinha um motivo para as experimentar. E olhem, ainda bem que o fiz. Não só são o meu pequeno almoço das segundas feiras, como muitos dos meus lanches nos dias em que as aulas se prolongam noite dentro.
Por serem tão simples e práticas não podiam ficar de fora de mais uma Quinta-Feira de “Há vida para além da massa de atum”. Não sei o que nos trás a Vânia, mas como já bem nos habituou, só há coisas deliciosas no seu Coisas e Coisinhas
Overnight Oats
1 chávena de flocos de aveia
1 chávena de leite vegetal
1 colher de chá de canela em pó
1 colher de chá de xarope de ácer

Num frasco que se possa fechar hermeticamente, coloca-se o leite e o xarope de ácer. Juntam-se depois os flocos de aveia e a canela; mistura-se tudo com uma colher, fecha-se o frasco e leva-se ao frigorífico por um mínimo de 4 horas – claro que se as quiserem para o pequeno almoço, fazem-nas de de véspera; para o lanche, fazem-se de manhã e deixam-se no frigorífico todo o dia.

Comer simples, com fruta crua ou cozida, com frutos secos, polvilhada com canela… As possibilidades são infinitas. E as combinações também – substituir a canela por cacau, o xarope de ácer por mel, juntar umas sementes de chia… So on, so on 🙂
Follow A OVELHA NEGRA

12 thoughts on “Overnight Oats – Há vida para além da massa de atum #27

  1. Confesso que não sou lá grande fã das famosas oats… Mas o meu namorado anda completamente viciado, agora não come outra coisa pela manhã! Mas ele fá-las bem simples, no micro-ondas, mal acorda e depois junta-lhe aquilo que mais lhe apetecer (é escusado dizer que agora, com esta sua nova aventura matinal, a minha despensa e frigorífico, começam a ficar recheados de fruta, toppings e frutos secos 😛 hehe). Tenho que lhe fazer umas destas um destes dias para ver o que ele acha 😉 E, já agora, guardo também um frasquinho para mim porque têm muto bom aspeto 😛 hehe

    1. Eu amo aveia! De toda a forma e feitio – é nutritiva, sabe bem, e faz coisas fantásticas. O teu namorado é que sabe do assunto! Nunca fiz no microondas, acho que amanhã vai ser essa a experiência. Mas estas overnight são mesmo uma surpresa – e com maçã cozinha, mmmmm. Vais experimentar que eu sei 😉

  2. Olá 🙂
    O que é que queres dizer com "nem damos por isso"? NÃO ficas numa cadeira à frente do frigorífico a mexer os overnight oats de hora em hora?!
    A primeira vez que fiz com sucesso foi este verão… Quando era pequeno o meu irmão disse: "Nada melhor que um gelado num dia de calor!" (obviamente que toda a gente achou imensa piada, senão nem me lembrava :P) e eu reformulo isso para "Nada melhor que overnight oats de chia e cacau em camadas com gelado de banana num dia de calor!" (não? não soa bem? esquece, então :P). Mas antes dessa vez já tinha feito duas vezes sem sucesso… Acho que foi em parte por ter posto só aveia quando a chia dá uma textura melhor, ter posto leite a menos, não ter posto nada a adoçar, não ter nada para "cortar"… Mas ficava uma papa com uma textura horrível e enjoativa. O cacau também dá um sabor mesmo bom 🙂
    Só uma coisa: quanta aveia é "uma chávena"? É só esse copo de 100ml? Ou pões esse 2,5 vezes? É que pode levar a erro, normalmente uma chávena/cup são 250ml… Ao ler os ingredientes pareceu-me um bocado demais, mas também não sei para quantas doses é ou da quantidade que usas 🙂 (Desculpa implicar com as tuas step-by-step pictures, juro que não é por mal :P)
    Ah, já agora, é uma colher de chá de maple + 1 colher de chá de canela? É que tem 1ml de canela (tão. giro. 1ml hahaha 😛 ) e 5ml de xarope…
    (pronto, agora já parece que é de propósito…)
    Parecem muito bons e cremosos 🙂 Gosto muito destas receitas básicas, que têm as proporções certas e depois variáveis 🙂
    (mas caso não tenhas reparado estamos num outono frio, ACORDA UMA HORA MAIS CEDO PARA FAZER PAPAS SE FOR PRECISO! ( *Respirar para um saco de papel* *Respirar para um saco de papel* Não te assustes, é um tema sensível… )

    1. Estávamos bem até me falares em gelado de banana – agora já desceste na minha consideração.
      Vamos lá esclarecer: utilizei uma medida de 100ml porque é gira, e na realidade faz uma quantidade óptima de papas – mas no fundo o que quero realçar é que as medidas têm de ser iguais (leite e aveia).
      Depois para os temperos deixe-me levar pelo facto de aqueles medidores serem amorosos! E ficavam direitinhos, não transbordavam para a base onde tiro as fotografias. Mas acredita, é mais que suficiente – o doce certo, a canela na quantidade certa, ficaram no ponto mesmo! 🙂
      Já percebi é que és daquelas pessoas que não passa sem coisas quentes de manhã… ora pois eu bebia leite frio de manhã (leite quente é mesmo uma coisa que não entra). E levantar mais cedo para fazer papas? Jasus menina, eu já vivo no deserto e saio bem cedinho para ir para a faculdade, imagina levantar-me mais cedo para fazer papas de aveia, a uma segunda feira! As frias ficam mornas quando lhes junto a maça acabada de cozer (no microondas) por isso já podes ficar mais tranquila 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *