Barras de sementes

 
Se querem fugir às típicas barras energéticas, cheias de açúcar e conservantes que o nosso corpo dispensa, esta é a receita que têm de guardar – e vão fazê-la tantas vezes que a vão decorar.

É-me muito fácil ceder à tentação das barras de cereais – desde que não tenham banana ou kiwi, já comi de todas. Mas sei que elas não me fazem bem, aliás não fazem bem a ninguém. Na ilusão de que se está a optar por uma coisa saudável, acabamos por comer uma barra que por vezes não passa de um concentrado de cereais açucarados envolvidos em mais açúcar e muitos conservantes para fazes as barras bonitas e apetitosas.
Decidi que era tempo de mudar, tempo de fazer as minhas barras, adequadas ao meu palato, às minhas necessidades, e que no fim fossem muito melhores do que as de compra. Experimentei, arrisquei e acertei!
São ridiculamente fáceis de fazer, o que me levou a pensar “porque raio demorei tanto tempo para experimentar?”
As minhas barrinhas ficaram um miminho, e saborosas que só elas. São ideais para comer antes de ir correr ou de treinar, porque têm frutos secos – óptimas fontes de energia da boa, e gorduras que temos de ingerir.
É importante ter em conta que não se podem comer ai umas 5 de seguida – mas verdade seja dita, antes estas, feitas em casa e em que sabemos o que lá vem, do que as de compra!

 

Ingredientes, para 10 barras:
6 col.sopa de xarope de ácer
3 col.sopa de leite de soja
5 col.sopa de aveia
2 col.sopa de sementes de linhaça
2 col.sopa de sementes de sêsamo
3 col.sopa de mistura de sementes à vossa escolha (utilizei pinhões, sementes de abóbora e pevides)
2 col.sopa de bagas de goji

 Começa-se por misturar numa taça o mel e a manteiga de amendoim, e leva-se o microondas para derreter e formar uma mistura homogénea. Numa taça misturam-se os restantes ingredientes – podem deixar umas bagas de goji de parte para enfeitar.

Quando a mistura da manteiga de amendoim e do ácer estiver derretida, envolve-se com os restantes ingredientes, até se obter uma argamassa sólida e pegajosa – se não estiver, adicionem mais mel.
Num tabuleiro, sobre papel vegetal, dispõe-se a massa e calca-se até se obter um rectângulo fino.
Leva-se ao forno por uns 10 minutos, para que fique crocante.
Retira-se do forno e deixa-se arrefecer por umas horas. Só depois, se parte. Guardar no frigorífico até 5 dias.
 

10 thoughts on “Barras de sementes

  1. Epahhhh…é que ficaram mesmoooo giras estas tuas barritas 😀 hehe
    Nunca fiz mas também tenho curiosidade de experimentar…até porque, aqui por casa, barras de cereais é uma coisa apreciada e que acaba por existir várias vezes na despensa (e uma barra ou outra perdida pelas várias malas e carteiras 😛 hehe)
    Beijinhos *

    1. Isto é do melhor que há! Eu dantes também tinha caixas de barras às montanhas, e umas tantas perdidas pelas malas (e como tenho muitas malas, vê só a pouca vergonha). Vais fazer e vais adorar – e depois fazes as combinações todas que quiseres. E com a vantagem de poderes fazê-las enormes ou mais pequenas, e com o açúcar que achas que deves comer :p

  2. É mesmo, estas coisas são mesmo para ser feitas em casa!
    Para sabermos o que comemos e digamos que são bem melhores em tudo, até no sabor.
    Que ricas barrinhas!!
    Um beijinho.

    1. Olá MJPerestelo 🙂 Claro, pode utilizar manteiga de amêndoa ou até mesmo óleo de côco (se bem que nunca utilizei este último). Vou tentar refazer esta receita com óleo de côco muito em breve 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *