Almôndegas de frango e vegetais {em molho de tomate caseiro] – Há vida para além da massa de atum

Acho que me viciei em almôndegas. Além de fáceis e versáteis, são a melhor opção para aproveitar várias sobras que se tenha pelo frigorífico.

Se até à uns tempos nunca tinha feito almôndegas em casa, agora ando totalmente viciada na “fazedura” destas bolinhas. E já nem compro carne picada como fiz da primeira vez – agora pico a carne em casa, que fica muito mais miúda, não seca, e conserva todo o seu sabor.
Na vida tudo é uma questão de habituação – habituei-me a fazer almôndegas em casa e agora já não as compro fora – excepção para as almôndegas suecas daquela cadeia de móveis: não quero saber se têm carne de pónei, eu adoro aquelas almôndegas! (como de resto todos os produtos alimentares e não alimentares da sua loja)
O bom das almôndegas é serem uma óptima maneira de aproveitar o que quer que se tenha perdido pelo frigorífico, incluíndo carne já cozinhada.

Estas almôndegas, além do frango que é o seu ingredientes principal, foram salpicadas e animadas por diversos vegetais, que lhes deram um sabor e cor especiais. Por fim, envolvi-as num molho de tomate cheio de sabor, e feito em casa – aquele que vos trouxe na Segunda- Feira.
E como é Quinta-Feira, é dia de “Há vida para além da massa de atum”, e como podem constatar, as almôndegas são uma alternativa bem deliciosa à massa de atum – IDEIA: almôndegas de atum para breve!
Está a decorrer o nosso desafio #3: “Pratos principais por menos de 1€ – que é tempo de poupar para as férias”. Consultem as regras aqui e não fiquem de fora!
E claro está, vão cuscar o que é que a Vânia Maria andou a cozinhar para nós no seu Coisas e Coisinhas.

Ingredientes, para 20 almôndegas pequenas:
2 peitos de frango
1 cenoura
1 talhada de pimento vermelho (cerca de 3 dedos)
1 talhada grossa de courgette (tamanho de 4 dedos)
1 pedaço de alho francês (apenas a parte branca – tamanho de 4 dedos)
1 col.sopa de sementes de abóbora
1 col.sopa de sementes de linhaça
1 col.sopa de cebolinho picado
Sal e pimenta
Num robot de cozinha – isto é, um liquidificador, uma picadora ou a 1-2-3 – tritura-se primeiro a carne até obter uma pasta. Trituram-se depois os vegetais, as sementes e os temperos.
Numa tigela, misturam-se as duas pastas até formar uma pasta uniforme.
Com a ajuda de uma colher de medida redonda (utilizei a de 15 ml), moldam-se pequenas bolas.
Numa frigideira aquece-se um fio de azeite, e juntam-se as almôndegas. Deixa-se cozinhar até que fiquem esbranquiçadas.
Juntar o molho de tomate e deixar apurar por uns minutos.

Acompanhei com legumes salteados que ando a cortar nos hidratos.
Para quem não tem dessa preocupações, com couscous também fica muito bom 🙂



Follow A Ovelha Negra: Facebook – Instagram

17 thoughts on “Almôndegas de frango e vegetais {em molho de tomate caseiro] – Há vida para além da massa de atum

  1. Eu adoro almôndegas e hamburgers caseiros, ando sempre a inventar coisas, com o que há por casa 🙂
    Estas parecem-me bem!! (ainda nao provei as da tal cadeia de móveis sueca, mas cheira-me que gosto mais destas.
    Um beijinho.
    (de atum ficam boas, toca a fazer!)

    1. As suecas são óptimas -aliás, nos países nórdicos as almôndegas são muito comuns: quando estive na Finlândia comi de carne, de peixe, de vegetais…
      estas sairam-me muito bem e vou continuar a inventar 🙂

  2. Dá para fazer Like? E mais que um?? Dá? Dá? 🙂 hehehe
    Adoro almôndegas, acho que já sabes isso… aqui por casa, é pouco o tempo que se passa sem sair um pratinho com almondegas (e, by the way, já fiz de atum também, são diferentes e ótimas). E tens toda a razão! Como aliás já aproveitei para escrever num dos posts do Há vida para além da massa de atum, picar a carne em casa e fazer as nossas próprias almondegas é muito mais económico…e mil vezes mais saboroso 🙂
    Beijinhos *
    PS: Adorei o Vânia Maria 😀 ahahahahahah

  3. Gosto muito de almôndegas e também as faço muitas vezes em casa, de raíz. Estas ficaram muito apelativas e com frango e legumes são seguramente mais saudáveis. Vou guardar a receita para fazer para a criançada 🙂

    Beijinhos, Paula

  4. imaginei que gostasses, estava inspirada. E a minha irmã chama-se Rita Maria, é engraçado, e Vânia Maria fica bem jeitoso também.
    Agora só faço almôndegas! Încrível! 😀

    1. Cada vez mais evito ao máximo comprar alimentos processados – prefiro picar a carne em casa, que sei o que estou a picar, e depois preparo imensas coisa, acondiciono, e quando for hora de as preparar é super rápido – e sabemos o que estamos a comer 🙂

  5. Que bom aspeto! Eu adoro fazer almôndegas, principalmente porque dão para imensas refeições e eu sou preguiçosa para cozinhar comida… 😛 Assim posso dedicar-me completamente a fazer a sobremesa ou a preparar overnight oats 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *